Alternativa ao CoinHive, lançamento do web miner Crypto-Loot

Alternativa ao CoinHive, lançamento do web miner Crypto-Loot

No mês de Setembro o mundo das criptomoedas conheceu o CoinHive, um serviço que permite aos webmasters de adicionar um minerador de Monero em JavaScript nos seus sites, e fazer com que os visitantes minerem usando o navegador. Essa semana houve o lançamento da primeira alternativa, chamada Crypto-Loot.

Diferente do CoinHive – que retém 30% dos lucros minerados – o Crypto-Loot fica com 12%, então os webmasters provavelmente ficarão mais interessados nessa solução alternativa.

Crypto-Loot

Web Miner em JavaScript? Como assim?

O Crypto-Loot usa uma biblioteca JavaScript que acessa diretamente o potencial do processador (CPU). Tanto o Bitcoin como o Ethereum possuem seu processo de mineração dominados por microprocessadores ASIC e GPUS, respectivamente — mas não é o caso do Monero que pode ser muito bem minerado com CPUs. Isso foi o suficiente para empresas começarem a trabalhar num minerador em JavaScript.

O serviço foi criado como alternativa às publicidades online. O webmaster coloca o código no seu site e os visitantes passam a minerar Monero para ele em cada visita. Como o Crypto-Loot funciona via browser, ele consequentemente funciona em múltiplos dispositivos, sejam eles computadores pessoais ou celulares.

A instalação é muito simples, basta adicionar algumas linhas de código e seus visitantes já estarão minerando Monero para você a cada acesso. Uma vez que a aba ou a janela com o seu site for fechada, o minerador para automaticamente.

É importante ser prudente

O CoinHive sofreu muito nesse seu primeiro mês de vida por causa de abusos dos usuários em sua utilização. O minerador permite que você use 100% da CPU do visitante. Ou seja, muitos visitantes podem notar uma lentidão no computador ou até mesmo superaquecimento.

Por isso é muito importante ser prudente e configurar o seu minerador para níveis adequados e seguros ao visitante. Uma boa prática é usar aproximadamente 20% do processador e somente quando os núcleos não estiverem sendo usados (em idle). Recomendo também adicionar um código de verificação para ver se seu visitante está com pouca bateria em seu laptop ou celular e, se for o caso, desligar o minerador.

De todas as maneiras, é muito importante ver soluções como o Crypto-Loot aparecem na criptoesfera. São essas utilizações criativas que ajudam na adoção e popularização do Monero. Pela primeira vez em muito tempo observamos uma oportunidade de criar um pedaço da internet sem publicidade, onde as pessoas podem colaborar e pagar por serviços usando simplesmente o poder de processamento do seu dispositivo.

O valor mínimo para receber um pagamento do Crypto-Loot é de 0.3 XMR. Dependendo da quantidade visitantes que seu website recebe, esse número pode ser facilmente alcançado.


Se você gostou da publicação, considere realizar uma pequena contribuição para ajudar com o custeio do servidor:
Bitcoin: 1JUNnwnQ31tZ1EjyUsa12e9YhaGvPpiWWM
Monero: 49i892LXvFxJPyu7AHg4ETBXaxF5DaeLdDavEGsh2NhciKqdvJk6TTrRusQbjRJptuRiocgbTjfdEhQBuXeeCbbsFZ6qpoG

O que ver adiante:

Quer aprender mais sobre Monero e as criptomoedas? Confira nosso super Guia Monero. Veja também como trocar Bitcoin por Monero.

Compartilhe:
Comments are closed.